Conhecendo meu trabalho

Projeto 3D x Realidade – Parte 2

    Olá pessoal!!!!       Há alguns anos atrás fiz um post aqui no blog mostrando um projeto 3D x realidade, mostrando as imagens 3D e sua versão final executada em fotos reais para mostrar como é mais fácil fazer o cliente entender o projeto da sua casa tendo um projeto antecipado para ele saber exatamente como tudo vai ficar.     Hoje venho aqui mostrar mais um projeto, finalizado recentemente, onde eu fiz a decoração de um quarto de bebê. A cliente já tinha o jogo de quarto com o berço, guarda-roupa e cômoda, queria mantê-los porém precisava decorar o quarto. Já existiam também nichos de parede assim como as letras do nome Julia e um abajur, uma bandeja e uma lixeira em mdf que estavam inacabados. Todos os itens que a cliente já tinha precisavam ser representados no projeto 3D mais a decoração geral.

Saiba mais

Como são cobrados os serviços?

    Bem, já falei sobre o Projeto de interiores e suas etapas, sobre o Projeto de mobiliário, e sobre a Consultoria, mas o que mais as pessoas querem saber depois de conhecer os serviços? Os preços! Por isso neste post estarei explicando como eu cobro por cada serviço.       Antes de mais nada gostaria de esclarecer que aqui não estou passando os valores e sim como eu os cobro. Não forneço minha tabela de preços a ninguém que me pede porque ela é particular, feita com muito cuidado de acordo com os meus serviços, características de clientes que me procuram e da forma como presto os meus serviços. Também há a questão de que os preços, assim como para qualquer serviço, podem ser alterados a qualquer momento.     Muitas pessoas me pedem uma tabela de valores pronta, mas na verdade os preços cobrados são um pouco particulares de cada profissional, leva um tempo até cada um definir quais valores são aceitáveis dependendo da aceitação dos orçamentos enviados, então é variável de região para região e também varia de acordo com a característica dos clientes que te procuram, da forma como você presta os serviços, do material que entrega aos clientes, etc. O que sempre oriento é que procurem na internet pela tabela da ABD (Associação Brasileira dos Designers de Interiores) e lá terão valores específicos para cada região do país de onde você pode se basear. A minha tabela fiz baseada nesta mas já faz algum tempo e não tenho mais ela para disponibilizar aqui, nem adiantaria, pois estaria bem desatualizada.  Na verdade não cobro os valores dela, porém com ela ficou mais fácil de ter noção de valores, então, com o tempo, fui vendo se podia aumentar ou diminuir os valores que eu havia estipulado.       Então vamos ao foco deste post, que é explicar "como" cobro pelos serviços que presto:       Para os serviços de Projeto de interiores e Projeto de mobiliário os valores cobrados são calculados por metro quadrado, conforme o ambiente para qual será desenvolvido o projeto.

Saiba mais

Consultoria

     Vou explicar, neste post, tudo sobre o serviço de consultoria.      Este serviço é oferecido ao cliente para dar dicas e sugestões de decoração, ou seja, o cliente me contrata, como profissional, para ir até sua casa, ver o ambiente e dizer o que pode ser melhorado em questão de cores, tecidos, móveis, enfim, tudo o que pode ser parte de um projeto de interiores, porém neste caso não há desenvolvimento de projeto

Saiba mais

Representação gráfica

    Terminei os posts sobre Projeto de interiores e suas etapas e também falei sobre o Projeto de mobiliário, agora falarei sobre o serviço de representação gráfica. Este serviço na verdade, já foi citado anteriormente, pois faz parte do projeto de interiores, ele é toda a documentação gráfica entregue ao cliente, como as perspectivas, detalhamentos técnicos, plantas baixas, layouts, enfim, tudo aquilo que já citei anteriormente, só que na verdade ele também pode ser um serviço específico.

Saiba mais

Projeto de mobiliário

    O projeto de mobiliário está incluso no projeto de interiores, mas pode ser um serviço contratado à parte, quando o cliente deseja fazer apenas o projeto dos móveis que serão instalados nos ambientes.

Saiba mais

Acompanhamento da execução dos serviços

    Bem, o post anterior falou sobre o Projeto executivo e agora, neste post, não mais falarei sobre o projeto e como ele é feito mas sim irei falar do acompanhamento da execução dele.     O que seria esse acompanhamento? Bem, o fato é que, ninguém melhor do que quem desenvolveu o projeto para saber como ele deverá ser executado não é mesmo? Por isso é que nesta fase, quando todo o projeto já foi distribuído para seus respectivos fornecedores, é o profissional quem deve estar atento para saber se tudo está sendo produzido conforme o projetado.

Saiba mais